Viernes, 18 Agosto 2017
Ultimas noticias
Casa » Libertadores: Santos, Grêmio e Botafogo seguem na disputa

Libertadores: Santos, Grêmio e Botafogo seguem na disputa

12 Agosto 2017

Depois de vencer o jogo de ida por 3 a 2, o Alvinegro está perto da vaga nas quartas de final. Na próxima fase, o Santos encara o Barcelona de Guayaquil, do Equador. Para sorte dos santistas, Lucas Veríssimo estava bem posicionado, em cima da linha, e fez uma grande "defesa" com o peito.

Dominado, o Santos escancarava a frustração a cada lance errado e só deu a primeira finalização certa aos 44 minutos, com Copete.

Na sequência, Lucas Lima quase ampliou com um chute colocado.

Nem quando Vanderlei tinha tranquilidade para cobrar um tiro de meta a bola ficava com o Santos. O problema, para Levir Culpi, foi que o Furacão amassou os donos da casa, sufocou a saída de bola e não deixou o Peixe respirar.

A partir daí o Atlético-PR murchou.

Fabiano voltou a ressaltar o conjunto do time.

O Furacão, que é bem diferente do time que perdeu em casa há mais de um mês e tem técnico e jogadores novos, se sobressaiu mais nos erros do Peixe do que na superioridade técnica. Sidcley, completamente sozinho, bateu no meio do gol.

Logo depois, num contragolpe fulminante, Bruno Henrique definiu o 1 a 0. Parecia mesmo o dia para Vanderlei fazer justiça.

Pelo lado do Santos, o único lampejo de bom futebol veio em lance isolado, quando Bruno Henrique arriscou chute da meia lua e viu a bola sair por cima do gol de Weverton, pouquíssimo exigido durante o jogo todo na Vila. O Santos respondeu aos 12, Ricardo Oliveira recebeu de costas, e ajeitou para Bruno Henrique, que mandou uma bomba de fora da área.

Mesmo classificado, cabe muito aprendizado, principalmente na postura como mandante.

Invicto na Libertadores, o alvinegro praiano vem bastante confiante para o duelo.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes, aos 34'/2ºT), Yuri (Jean Mota, no intervalo) e Lucas Lima; Copete (Thiago Ribeiro, aos 39'/2ºT), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Rossetto (Bruno Guimarães), Lucho e Nikão, Sidcley (Pablo) e Guilherme; Ribamar (Ederson).

Libertadores: Santos, Grêmio e Botafogo seguem na disputa